Revista Alternativa

10 objetos do dia a dia que você com certeza já teve medo de usar

Não precisa ter vergonha de falar, existem vários objetos rotineiros que você já teve ou tem medo de usar, seja devido a algum acontecimento traumático com outra pessoa, seja pela dificuldade de manusear o equipamento ou se ele tem alguma particularidade, como alta temperatura, em que o mal uso pode acarretar consequências. A principal assombração dos lares brasileiros sempre foi a panela de pressão, e por isso muita gente não sabe fazer feijão, porquê prefere ficar longe do equipamento.

Pensando nisso, Liu Yang, head de marketing da Gaabor, marca de utensílios domésticos, preparou uma lista com 10 itens básicos que com certeza você já teve medo de usar. Acredite, você vai se surpreender com alguns!

Panela de pressão:

Seja pelo medo da panela explodir ou por não saber como abrir, esse utensílio é o terror de muitas pessoas na hora de cozinhar. Observando esse comportamento, a Gaabor reinventou o aparelho, incluindo uma trava de segurança, facilitando a abertura da tampa. Vai ficar mais fácil cozinhar feijão, pode confiar.

Liquidificador:

Tanto pelo barulho quanto pela potência do objeto, o liquidificador já foi a assombração de muitas crianças em vários lares ao redor do mundo. Mas a tecnologia chegou para ajudar e equipamentos mais silenciosos e com uma segurança maior já estão presentes no mercado.

Curvex:

Por ser um objeto para ser usado em uma das partes mais sensíveis do corpo, o nosso olho, ele está sempre envolvido em polêmicas. O curvex tem por objetivo deixar os cílios mais curvados, porém ele é um tanto perigoso caso seja utilizado de forma errada. Já houve casos em que a pessoa machucou os olhos ou perdeu parte dos cílios.

Secador e Chapinha:

Dois objetos extremamente indispensáveis para os vaidosos de plantão, chapinha e secador; porém ambos transmitem ondas de calor e dá um certo medo de usar. Milhares de pessoas já se feriram com esses objetos, seja queimando o próprio cabelo, partes do corpo, ou até objetos como cama, penteadeira e etc. É preciso ter cuidado ao utilizar esses objetos, portanto nada de deixá-los na tomada, sempre colocá-los em superfícies resistentes ao calor e ficar atento às partes do corpo.

Batedeira:

Quem nunca, quando a mãe estava fazendo um bolo, não fugiu da cozinha por causa do barulho da batedeira? Sim, muitas pessoas, nós sabemos! Mas algumas batedeiras atualmente são mais silenciosas, mais fáceis de manusear e com uma agilidade maior, como por exemplo, a da Gaabor. Sendo assim, não tem motivo para ter medo, né?

Chuveiro:

Chega o inverno, precisamos colocar o chuveiro no “pelando” de quente, pode confessar que dá um medinho de se queimar ou tomar um choque.

Ventilador:

Um medo peculiar, porém comum, é do ventilador. Há quem tema que a grade de proteção estoure e saia cortando tudo por aí, ou que pegue fogo durante a noite (o que já aconteceu algumas vezes). Mas, atualmente, tem os inofensivos ventiladores de mão, que você pode colocar na mesa do seu escritório para se refrescar. Ajuda bastante, viu? A Gaabor possui esses modelos disponíveis para compra.

Aquecedor elétrico:

Existem casos de alguns aquecedores que explodiram e causaram incêndios. Por mais que sejam incomuns, acabam causando trauma e medo em várias pessoas que utilizam o equipamento. Então, preste atenção no seu equipamento, verifique se está tudo ok e se a marca do aparelho é de confiança.

Carregador de celular:

Acredite ou não, mas muitas pessoas têm medo do carregador de celular, principalmente durante a noite. Há casos assustadores, como carregadores que explodiram enquanto a pessoa dormia, provocando pequenos incêndios, resultando em algumas lesões permanentes. Para evitar essas situações, se certifique que esteja usando o carregador original do seu aparelho e que ele esteja totalmente encapado.

Não podemos prever qual aparelho pode causar o caos, mas é necessário tomar cuidado com todos eles e que sejam utilizados da maneira correta.

Noticias Recentes

VACINAÇÃO

Bahia registra avanço na cobertura vacinal do calendário infantil em 2023 Os destaques são para

Ler mais »