Revista Alternativa

CAMAÇARI: Após decisão do TCM, STT de Camaçari revoga licitação de estacionamento que custaria mais de R$ 70 milhões

A Superintendência de Transporte e Transporte Público (STT) de Camaçari revogou a licitação que pretendia implantar o serviço de Área Azul – sistema rotativo de estacionamento. A decisão foi motivada após o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) determinar a suspensão do certame, que custaria mais de R$ 70 milhões.

A revogação da licitação foi publicada em diário oficial no último dia 27 de julho. A disputa estava prevista para o dia 17 de julho. O superintendente, Helder Almeida de Souza, assinou a revogação. Ele justificou a medida confirmando a decisão do TCM de suspender a concorrência pública pretendida pela prefeitura de Camaçari.

A licitação previa a implantação do sistema digital de estacionamento rotativo público – denominado Área Azul – na área central e nas áreas distritais de Camaçari. O serviço estima 3.970 vagas, sendo 3.105 veículos e outras 865 para motos, distribuídas em 04 etapas de implantação. Conforme edital, o valor estimado para esta licitação é de R$ 70.630.735,05. O contrato para exploração do sistema de estacionamento rotativo público é de 10 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

LIMINAR DO TCM

A denúncia foi protocolada no TCM por Giselle Santos Mendonça. Ela apontou diversas irregularidades na condução da licitação, o que estariam, segundo ela, causando dificuldades para que empresas pudessem participar da disputa.

Noticias Recentes

VACINAÇÃO

Bahia registra avanço na cobertura vacinal do calendário infantil em 2023 Os destaques são para

Ler mais »