REVISTA ALTERNATIVA ONLINE
A FAMÍLIA DE SOBRENOME SUCESSO!
 
TWITER - FACEBOOK - EMAIL - FANPAGE
 
 
7 universidades brasileiras estão entre as 10 melhores da América Latina
 
 

Dentre as sete, cinco estão na região sudeste e duas no sul (Crédito: Unsplash)

Confira a lista das 20 primeiras colocações e veja como se preparar não somente com estudo direcionado, como também vivenciando a profissão antes

 

Quem aí já viu alguém realizando o sonho de passar no vestibular e comemorar pintando a testa com o nome da universidade e os braços com o nome do curso? E agora, já imaginou se a instituição estiver entre as 10 melhores da América Latina? De acordo com o último ranking do Times Higher Education (revista inglesa), divulgado no dia 14 de julho deste ano, o Brasil possui 07 universidades entre as 10 melhores universidades da América Latina.

O levantamento completo é composto por 197 universidades de 13 países, e apesar de uma instituição chilena liderar o ranking, o Brasil possui a pontuação média mais alta, com índice de 55,6, e o melhor desempenho total, com 72 universidades, seguido pelo Chile, com 30, Colômbia, com 29, e México, com 26. Dentre as brasileiras, três delas estão em São Paulo (USP, Unicamp e Unifesp), uma em Santa Catarina (UFSC), uma no Rio Grande do Sul (UFRGS) e uma no Rio de Janeiro (PUC-Rio).

 

 

Ainda dá tempo de se preparar!

 

A três meses para a maior porta de entrada para o ensino superior no Brasil, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), os alunos utilizam as últimas semanas para se preparar com estudos direcionados, como é o caso do idioma inglês. De acordo com uma pesquisa Data Popular, apenas 5% da população brasileira fala inglês -- sendo que apenas 1% dessas pessoas é fluente. Ou seja, em um país de dimensões continentais, com cerca de 210 milhões de habitantes, há apenas, aproximadamente, 105 mil pessoas capacitadas de modo completo para se comunicarem em Inglês.

“Nas provas, o inglês aparece em perguntas variadas que abordam obras literárias, músicas, casos jornalísticos e quadrinhos, dentre outros temas populares. Dá pra focar na língua estrangeira resolvendo questões de anos anteriores, isso ajuda muito. Dominar o idioma, independente do curso que irá escolher, ajudará na prova e possibilita salários mais altos durante a atuação da área que seguirá”, disse Rodrigo Berghahn, coordenador pedagógico nacional da Minds Idiomas.

E quando se trata de escolher a carreira, é importante entender que não é preciso ser um peso, apesar de ser uma decisão difícil para muitos jovens. De acordo com uma pesquisa realizada pelo CPS (Cedaspy Professional School), em 2019, 60% dos jovens ainda têm dúvida quanto ao futuro profissional. A mesma pesquisa aponta que 40% dos jovens indecisos têm dúvida entre áreas completamente diferentes. Por isso, é válido procurar se especializar em um curso profissionalizante para ter uma experiência de como será a atuação no futuro.

“Escolher qual área seguir requer ferramentas que possibilitem uma decisão mais tranquila, sobretudo com as transformações do mercado de trabalho. E uma das melhores decisões que um jovem pode tomar é buscar vivenciar a profissão para ter noção de suas atividades práticas, servindo como um amuleto para muitos jovens que sofrem neste momento, sendo um suporte essencial para quem quer entender mais sobre a área de atuação”, explica Rogério Silva, CEO do CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos).

São necessários muito estudo, disciplina e muita pesquisa antes de ter que encarar por 4/5 anos uma determinada área que poderá ser a sua carreira futura. E se estiver preparado, poderá conquistar uma vaga em uma das 20 melhores universidades da América Latina:

  • 01. Pontifícia Universidade Católica do Chile - Chile
  • 02. Universidade de São Paulo (USP) - Brasil
  • 03. Universidade de Campinas (Unicamp) - Brasil
  • 04. Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Brasil
  • 05. Instituto de Tecnologia de Monterrey - México
  • 06. Universidade Federal de Santa catarina (UFSC) - Brasil
  • 07. Universidade do Chile - Chile
  • 08. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) - Brasil
  • 09. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Brasil
  • 10. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) - Brasil
  • 11. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - Brasil
  • 12. Universidade Estadual Paulista (Unesp) - Brasil
  • 13. Universidade de Andes - Colômbia
  • 14. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) - Brasil
  • 15. Universidade de Brasília (UnB) - Brasil
  • 16. Universidade Nacional Autônoma do México - México
  • 17. Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) - Brasil
  • 18. Universidade Nacional da Colômbia - Colômbia
  • 19. Universidade Federal de Viçosa (UFV) - Brasil
  • 20. Universidade Federal do Paraná (UFPR) - Brasil
     

Para ajudar, a Minds Idiomas possui um curso completo, do básico ao avançado, em 18 meses e usa a interdisciplinaridade no ensino, integrando o idioma com situações e outras áreas do conhecimento, principalmente históricas e culturais.

Sobre a Minds Idiomas

Com 15 anos de existência, o segredo da rede de idiomas Minds é a tecnologia. Com mais de 70 escolas em todo país, a Minds foi a primeira rede a implantar o ensino do inglês em tablets mantendo os livros físicos. Com especialistas em captação de conteúdo, a CEO Leiza Oliveira, tem consciência que a forma de aprendizado de cada criança e adulto é individual. Personalização e inovação são as palavras que movem franqueados e alunos da rede. O tempo de duração do curso da Minds é de 18 meses e há outras modalidades de ensino personalizadas. Acesse o nosso site e conheça mais sobre o mundo Minds acessando aqui!

 
 
     
     
TWITTER : twitter.com/RAlternativa    
FANPAGES : facebook.com/revistaalternativa.bahiabrasil facebook.com/trofeuoscarfolia  
E-MAILS : gguirra90@gmail.com    
ZAP : (75) 99155 9399    
     
Jesus com a Gente!