REVISTA ALTERNATIVA
A FAMÍLIA DE SOBRENOME SUCESSO!
 
TWITER - FACEBOOK - EMAIL - FANPAGE
 
 
Estudantes do município de Camaçari (BA) criam projeto para resgatar a cultura local
 
 

 

Por meio de ações que estimulam a produção cultural, iniciativa auxilia estudantes a criarem senso de pertencimento
 
O resgate as tradições de um determinado local ajudam a construir hábitos, comportamentos, costumes, manifestações, expressões, sentimentos e auxiliam no senso de pertencimento de uma comunidade ou região, proporcionando a criação de uma identidade cultural. Preocupadas com a baixa participação e engajamento dos jovens na produção artística, estudantes do 8º e 9º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Eustáquio Alves Santana, localizada em Camaçari (BA), se uniram para criar o projeto "Mestres Mirins da Cultura Popular". A iniciativa recebeu menção honrosa na última edição do prêmio Desafio Criativos da Escola, do Instituto Alana.
 
Tudo começou quando as alunas se deram conta que seu bairro e escola tinham poucas opções de lazer para jovens. Elas começaram a participar de ações organizadas por agentes culturais, que proporcionavam aos adolescentes um ambiente mais saudável culturalmente. As jovens sentiram a necessidade de se tornarem multiplicadoras culturais e despertar o mesmo desejo em outros jovens. Dessa forma, elas organizaram atividades para estimular a participação dos colegas e para contribuir na propagação, noção de pertencimento dos alunos da escola. Essas ações visam a valorização da produção cultural local e o estímulo ao surgimento de novos praticantes.
 
O projeto contribuiu para organização de várias atividades culturais em prol da comunidade, como a realização de festas e eventos proporcionando aos colegas a apreciação de uma diversidade artística, rodas de conversa com a participação dos mestres locais, montagem de apresentações e exposição de vídeos produzidos nas edições anteriores do projeto Curta Parafuso sobre as manifestações culturais locais. Além disso, auxiliou no mapeamento de demais jovens que também fazem parte de grupos da comunidade e convidá-los para fazer parte e ampliar o Grupo, criação do Sarau Cultural Mestre Mirim e produção do Diário de bordo do Mestre Mirim de Cultura. O projeto deu tão certo que os alunos mais jovens começam a se interessar sobre a cultura produzida e hoje pedem para montar apresentações para apresentar nos saraus e eventos festivos.
 
Sobre o Instituto Alana
Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão "honrar a criança".
 
 
PODCAST
 
     
     
TWITTER : twitter.com/RAlternativa    
FANPAGES : facebook.com/revistaalternativa.bahiabrasil facebook.com/trofeuoscarfolia  
E-MAILS : gguirra90@gmail.com    
ZAP : (75) 99155 9399    
     
Jesus com a Gente!