REVISTA ALTERNATIVA
A FAMÍLIA DE SOBRENOME SUCESSO!
 
TWITER - FACEBOOK - EMAIL - FANPAGE
 
 
Especialistas comentam os piores erros em relacionamentos Não são apenas as brigas que podem levar ao término.
 
 

Brigas em relacionamentos amorosos se tornaram algo comum, apesar de quase sempre levarem a um término. Geralmente os casais que brigam muito não têm um futuro tão longo pela frente, é verdade! Mas você já parou para pensar que, muitas vezes, cometemos erros - quase - piores e nem percebemos?

Pensando nisso, o site de relacionamentos, Meu Rubi, elencou alguns dos piores - e mais comuns - erros nas relações amorosas, para alguns especialistas na área. 

 

  • Brigar e recusar conversa 

Geralmente não queremos conversa após brigar com uma pessoa, entretanto, a especialista em conflitos e coach, Suely Buriasco, afirma ser a pior ideia. “Se não está se sentindo bem para conversar de forma equilibrada, diga ao par que precisa de um tempo para se refazer emocionalmente”, sugere. Deixar o outro sem uma explicação, pode o irritar ainda mais e tornar a discussão ainda maior. 

 

  • Perder a individualidade 

Quando encontramos alguém, compartilhamos gostos, ideias e interesses em comum com essa pessoa. Geralmente criamos uma identidade compartilhada, e é importante para o casal criar vínculos e união entre os dois. O problema começa quando as pessoas perdem suas próprias identidades para agradar o outro ou até pelo medo de perder. 

Segundo o psicólogo, Andrew Crawford, docente na Universidade da Califórnia (UCLA), nos Estados Unidos, ambos sairão prejudicados caso isso aconteça. Uma relação forte e saudável é aquela onde ambos continuam sendo eles mesmos, mas compartilham gostos juntos. 

 

  • Não perdoar verdadeiramente 

Um dos piores erros, certamente, é insistir na mesma tecla e continuar a trazer em pauta brigas passadas. Se vocês resolveram e afirmaram se perdoar, não tem porquê trazer o incômodo à tona novamente. “Se a história já foi resolvida, não há motivos para tocar no assunto mais uma vez, muito menos em tom de acusação”, explica Suely. 

 

  • Entrar na zona de conforto

Um dos erros mais comuns é cair na zona de conforto dentro da relação. As pessoas acham que já conquistaram o parceiro, então não precisa inovar, ou deixam o estresse do dia a dia tomar conta. Erro esse que leva grande parte das pessoas a buscar algo fora da relação. Segundo Crawford, é importante pensar em novas atividades para fazer a dois e fugir da mesmice. 

Dar presentes, fazer viagens, ir a novos lugares e inovar no sexo são algumas dicas. 

 

  • Controlar o parceiro

No início de uma relação, é comum que tudo seja muito saudável, muito bonito, mas após adquirirmos exclusividade com a pessoa, tendemos a desenvolver comportamentos controladores sobre ela. Aonde ir, com quem ir e não poder mais sair sozinho são alguns dos mais comuns. 

"Um quer que o outro aja como ele deseja. Caso contrário, se sente ameaçado ou inicia um conflito. Neste caso, a falha é do indivíduo e não do casal. Cada um tem que aprender a lidar com as suas inseguranças e não projetá-las no outro", conclui Andrew Crawford.

 
 
 
     
     
TWITTER : twitter.com/RAlternativa    
FANPAGES : facebook.com/revistaalternativa.bahiabrasil facebook.com/trofeuoscarfolia  
E-MAILS : gguirra90@gmail.com    
ZAP : (75) 99155 9399    
     
Jesus com a Gente!