REVISTA ALTERNATIVA
A FAMÍLIA DE SOBRENOME SUCESSO!
 
TWITER - FACEBOOK - EMAIL - FANPAGE
 
 
Como manter a saúde dos pés
 
 

Umidade e contato com areia favorecem a contaminação por fungos e parasitas

 

Resultado de imagem para Como manter a saúde dos pés

                                    

Dias quentes não precisam ser sinônimo de pés ressecados, micose ou outras doenças de pele. Muito comuns entre quem frequenta praias ou piscinas, esses males podem ser evitados com alguns cuidados simples, que irão garantir a saúde dos pés.

 

Conheça as doenças que mais afetam os pés e saiba como preveni-las.

 

Bicho de pé

A doença é transmitida pela pulga fêmea do tipo tunga penetrans, que costuma ser encontrada em regiões rurais e também na areia. Ao picar a pessoa, a pulga penetra na pele e deposita seus ovos, causando coceira intensa. A picada pode atingir qualquer ponto da pele, mas é mais comum nas áreas próximas às unhas. O tratamento é feito com a remoção da pulga e da bolsa de ovos e, geralmente, envolve o uso de antibióticos para combater infecções na pele. Por isso, é necessário haver um acompanhamento médico para combater o problema.

 

Bicho geográfico

Essa doença é causada pelo contato com areia ou terra com fezes de cães ou gatos contaminadas pelo parasita denominado larva migrans. As larvas penetram na pele e por onde passam deixam um rastro com lesões avermelhadas visíveis, formando uma espécie de “mapa” - daí o nome Bicho Geográfico. O parasita causa coceira intensa e costuma se alojar nos pés, mas pode atingir qualquer parte do corpo que entre em contato com o solo contaminado, como pernas ou nádegas. Em casos mais simples, o tratamento é feito com o uso de pomadas, mas pode haver necessidade de medicamentos ingeridos por via oral, caso o Bicho Geográfico tenha se espalhado por muitas áreas. É necessária a avaliação de um médico para decidir a melhor forma de tratamento.

Pé de atleta

É causado por um fungo, que aparece em áreas onde existam fissuras na pele e que estejam constantemente abafadas e úmidas. É uma doença comum em pessoas que usam sapatos fechados com frequência, por isso é importante manter os pés arejados sempre que possível e secá-los muito bem após o banho, especialmente a área entre os dedos. Pessoas diabéticas ou com doenças que atacam a imunidade do organismo estão mais propensas a ter Pé de Atleta, por isso é essencial procurar ajuda médica ao identificar o problema, para avaliar o tratamento mais adequado. O Pé de Atleta causa coceira e fissuras entre os dedos, descamação, lesões e vermelhidão na pele e é tratado com o uso de pomadas e cremes. Apenas em casos mais resistentes pode ser necessário o uso de medicamentos por via oral, sempre com acompanhamento médico.

 

Micose

O clima quente aumenta a transpiração, fazendo com que os pés fiquem úmidos em diversos momentos do dia. Essa umidade favorece o aparecimento de micoses, que são causadas por fungos. No verão, com o aumento da frequência de piscinas e praias, esses fungos costumam atacar principalmente os pés, as unhas e a região da virilha. Nos pés, além do Pé de Atleta, a contaminação por fungos pode causar frieiras e provoca coceira e descamação contínua da pele. Nas unhas, a micose pode ser causada por fungos ou leveduras, deixando a unha amarelada e dolorida. O tratamento deve ser indicado sempre por um médico, já que as micoses podem ser confundidas com outras doenças.

 

“Além de prevenir o surgimento de doenças de pele, é importante ter hábitos que ajudam a manter os pés saudáveis e com boa aparência. Boas dicas para evitarmos estes problemas são: usar esfoliantes uma vez por semana, hidratar diariamente evitando o ressecamento da sola dos pés, enxugar bem e usar desodorantes de pés. É essencial também aplicar protetor solar no peito e sola dos pés sempre que for expor essas áreas ao sol”, afirma Camila Martins, farmacêutica da rede Extrafarma.

 

Sobre a Extrafarma

Fundada há 58 anos, a Extrafarma atua no mercado de varejo farmacêutico do Brasil. Com mais de 400 lojas e mais de 7 mil colaboradores diretos, a rede conta com mais de 6 milhões de clientes cadastrados no seu programa de fidelidade, o Clube Extrafarma. Em 2014, a empresa passou a fazer parte do Ultra, companhia multinegócios da qual fazem parte também Ipiranga, Ultragaz, Ultracargo e Oxiteno.

 

Mais informações:

Néctar Comunicação Corporativa / Assessoria de Imprensa da Extrafarma(11) 5053-5110 / imprensaextrafarma@nectarc.com.br

 

# REVISTA
 
     
     
TWITTER : twitter.com/RAlternativa    
FANPAGES : facebook.com/revistaalternativa.bahiabrasil facebook.com/trofeuoscarfolia  
E-MAILS : gguirra90@gmail.com    
ZAP : (75) 99155 9399    
     
Jesus com a Gente!